[GRADUAÇÃO | MONOGRAFIA]
A CRISE MORAL E A NECESSIDADE DO AGIR ÉTICO NO BRASIL: UMA ANÁLISE SEGUNDO A ÉTICA EM TOMÁS DE AQUINO

ARICLENES BARBOSA DE ARAÚJO

Resumo


O presente trabalho cuida de analisar a crise moral e a necessidade do agir ético no Brasil sob a perspectiva da ética em Tomás de Aquino, dando enfoque em discussões que cercam o tema como: o agir moral, a felicidade e o bem como fim último dos atos humanos em busca do bem comum, como forma de busca da justiça na realidade sociopolítico do país. O tema se faz relevante porque versa sobre acontecimentos e fatos que sempre levantam a discussão acerca da importância da ética na vida social e política, inclusive voltando os olhos aos diversos casos de corrupção pelos quais passam o país, resultando em descredibilidade política e afetando os recursos – em razão da crise instalada – que são grande relevância para os cidadão, principalmente para os marginalizados da sociedade que necessitam dos serviços mais básicos como saúde, educação e segurança, por exemplo. Por isso, esse trabalho analisa como o agir ético pode ser transformador da crise ética de forma a considerar que é possível, atingir a justiça social e transformar a vida em sociedade a partir de condutas éticas que sejam – quando aderidas internamente – constantes, como forma de compromisso pessoal em busca do bem comum. A metodologia adotada para pesquisa é hipotético dedutiva, que terá como escopo a formação de uma abordagem geral sobre tema até uma abordagem mais específica trazendo ao contexto do país. Apresenta ainda as consequências positivas que podem advir da adesão da prática ética, bem como a sua premente necessidade na sociedade brasileira como meio transformador da atual crise moral por que passa o Brasil.

Texto completo:

01-64 | PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.