[GRADUAÇÃO | MONOGRAFIA]
O DESENVOLVIMENTO DOS DIREITOS HUMANOS NA CHINA: UMA RELEITURA DO DESENVOLVIMENTO DOS DIREITOS HUMANOS NA CHINA A PARTIR DA SEGUNDA GUERRA SINO-JAPONESA

MARIA ALICE PONTUAL ANDRADE DE SIQUEIRA

Resumo


China e Japão sempre foram potências do extremo oriente e desde a época das Dinastias Chinesas estiveram em constante conflito não só pelo controle de outras regiões vizinhas que formavam rotas comerciais e influenciavam a dominação geopolítica da região, como a Coréia, mas também pelas diversas invasões japonesas à China. A Segunda Guerra Sino-Japonesa chegou ao fim pelo envolvimento do Japão na Segunda Guerra mundial. Mesmo com a derrota japonesa, a China sofria com conflito interno entro os nacionalistas e comunistas. Com a vitória comunista, a República Popular da China foi proclamada em 1949. O debate que já havia sido propagado no cenário internacional pelo horror que o mundo testemunhou durante a segunda guerra, alcançou a China. Os direitos humanos agora internacionalizados tomaram lugar na China comunista que passou por uma série de reformas envolvendo todos os setores da sociedade e voltado principalmente ao desenvolvimento da mesma, a educação teve um foco principal nesse processo. Entretanto, com os avanços que modernizaram a China a postura inflexível do governo comunista foi dando espaço para a postura ocidental e só continuou impondo sua doutrina no setor político. Por isso podemos dizer que a partir de sua própria leitura, a China internalizou os Direitos Humanos.


Texto completo:

01-52 | PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.