[GRADUAÇÃO | MONOGRAFIA]
POLÍTICA E RELIGIÃO NOS ESTADOS UNIDOS: A TRAJETÓRIA E ATUAÇÃO DA DIREITA CRISTÃ NA ERA REAGAN

CAROLINA VILELA DE ALBUQUERQUE

Resumo


Os Estados Unidos tiveram sua história associada à religião Cristã desde os tempos de colonização. Com o passar do tempo, a preeminência desta religião deu lugar à uma crescente diversidade religiosa que gerou um contexto para a tolerância defendida pelos Pais Fundadores, que veio a se refletir na Constituição do país. No entanto, a religião que já tinha um importante papel na sociedade Americana, não foi completamente confinada à vida privada o que gerou uma relação ambígua que se evidencia a partir da emergência da Nova Direita Cristã após a mobilização evangélica para defender os valores da família tradicional. Já se colocando como uma importante força política, a Direita Cristã projeta suas esperanças em Carter, que não foi capaz de manter seu apoio ao longo do mandato e logo a Direita Cristã se volta para Ronald Reagan. Apesar da convergência de certas visões, a Direita Cristã percebe que precisaria abrir mão de certos objetivos e posições no contexto político. Ainda assim, fica evidente que a Direita Cristã foi de grande importância para o sentido conservador que a Direita tomou a partir dos anos 1980, na promoção das políticas de Reagan na Guerra Fria e em estabelecer um caráter adaptável da fé evangélica na política Americana.

Texto completo:

01-55 | PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.