abrir menu
fechar

Espaço Acadêmico

Esqueceu a senha?
Espaço Acadêmico
Notícia

Começam as aulas de mandarim na Sala Brasil-China

Alunos da graduação e pós-graduação, egressos e funcionários da Faculdade Damas deram os primeiros passos no aprendizado do idioma chinês


10 Abr 2018 • Começam as aulas de mandarim na Sala Brasil-China

A primeira turma de mandarim da Faculdade Damas iniciou as atividades ontem. Reunidos na Sala Brasil-China, alunos da graduação e pós-graduação, egressos e funcionários deram os primeiros passos no aprendizado do idioma chinês. O módulo básico é ministrado pela professora Sun Ding, cedida pelo Instituto Confúcio da Universidade de Pernambuco (UPE).

As aulas se tornaram uma realidade após a assinatura do convênio entre a Faculdade Damas e o Instituto Confúcio | UPE no último dia 3 de abril. A Sala Brasil-China, além do ensino do mandarim, tem também como propósito, posteriormente, se tornar um núcleo de pesquisa e colaboração acadêmica em torno dos estudos sobre o continente asiático. A Faculdade Damas também possui convênio com a Universidade Central de Finanças e Economias de Pequim (CUFE).

No primeiro encontro, a professora apresentou o Instituto Confúcio aos alunos, contando um pouco da história e funcionamento da instituição. A turma também conheceu o teste de proficiência no idioma (HSK), uma das etapas por quais os estudantes terão que passar para participar de cursos de curta duração na CUFE. Os alunos também tiveram uma pequena introdução ao vocabulário com palavras relativas às rotinas de sala de aula e verbos.

As irmãs Viviany e Ingrid Ponte, alunas da Pós-Graduação em Diplomacia e do curso de Direito, respectivamente, decidiram fazer o curso juntas. “Eu estava buscando um novo idioma para aprender e eu queria algum que fosse da Ásia. Como houve a oportunidade de estudar mandarim, eu me matriculei no curso”, conta Viviany, que pensa em dar continuidade ao curso em módulos mais avançados. “É uma língua diferente e aposto que é uma cultura rica. Mesmo não sendo da minha área, é uma oportunidade ótima e eu agradeço muito a Faculdade Damas por isso”, ressalta Ingrid, que pensa em participar de programas de intercâmbio da CUFE, dependendo da sua evolução no aprendizado do mandarim.  


as mais lidas